Reitor conclama comunidade acadêmica e sociedade a se mobilizarem contra cortes que podem paralisar sistema de pós-graduação

Após o anúncio de cortes nos recursos para fomento à pesquisa em 2019, o reitor da UFPR, professor Ricardo Marcelo Fonseca afirmou, em pronunciamento gravado, que o futuro do País estará comprometido caso se confirme a redução prevista no orçamento da Capes, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

A medida afetaria bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, inclusive programas de formação de professores da educação básica. Vale ressaltar que o corte dos custos não só afeta o sistema de pós-graduação, que é responsável por cerca 80% da pesquisa brasileira, ou das universidades públicas que produzem cerca de 90% do conhecimento em tecnologia e ciência no país, como explica o professor Ricardo Marcelo.

De acordo com o ofício divulgado na semana anterior, a medida levaria à suspensão dos pagamentos de mais de 93 mil bolsistas de mestrado, doutorado e pós-doutorado a partir de agosto de 2019.

Suspenderia também as bolsas de 105 mil bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e interromperia o funcionamento do Sistema Universidade Aberta do Brasil e dos mestrados profissionais voltados à qualificação de professores da rede pública de educação básica, além de prejudicar a continuidade de programas de fomento com destino ao exterior.

>> Mais notícias

>> Promoções

>> Agenda Cultural

0 Comentários
© Copyright - UNIFM 2018.